Acerca da Red Bull Air Race

Sabe mais informação oficial acerca da Red Bull Air Race World Championship

Pilotos de 2017

A Red Bull Air Race World Championship é um Campeonato do Mundo oficial, reconhecido pela FAI – Federação Internacional de Aeronáutica.

A Red Bull Air Race envolve os melhores pilotos do mundo num puro desporto motorizado que combina velocidade, precisão e destreza. Equipados com os mais rápidos, ágeis e leves aviões de competição, os pilotos atingem velocidades na ordem dos 370 quilómetros, enfrentando forças gravitacionais de até 10G. A competição é um contra relógio a baixa altitude, num traçado que é um autêntico slalom marcado com pilares e pórticos insufláveis de 25 metros de altura.


Com a assinatura do departamento de eventos desportivos da Red Bull, a ideia inicial era criar o mais avançado desafio aéreo do mundo. O que conhecemos hoje como a Red Bull Air Race excedeu largamente todas as expectativas originais.


Trata-se de um espetáculo visual sem paralelo. Uma combinação de alta velocidade, baixa altitude e manobras extremas fazem com que seja apenas acessível aos pilotos mais dotados do mundo.


Um total de 14 pilotos estão a competir pelo título de campeão do Mundo da Red Bull Air Race 2017 na categoria Master Class, em oito corridas à volta do globo. O objetivo é percorrer um traçado aéreo delimitado por pórticos insufláveis no menor tempo possível, evitando penalizações. Os pilotos podem conquistar pontos do Campeonato do Mundo em cada corrida e o piloto com maior número de pontos após a última corrida da época é declarado campeão do Mundo da Red Bull Air Race.


O pacote de propulsão igual para todos – um motor de altas prestações e hélice de série – mantém-se para 2017.
A Challenger Cup também regressa em 2017, oferecendo a uma nova geração de pilotos das mais diversas origens a oportunidade de experimentar as emoções deste desporto.


Nove pilotos de exceção em representação de oito nações vão lutar pelos pontos da Challenger Cup. Para este grupo o principal objetivo é desenvolver as capacidades de voo em condições reais de competição, a baixa altitude, reforçando a segurança da mais importante competição de desporto aéreo da atualidade.