Ben Murphy

Informações sobre o piloto

Biografia do piloto

Declarações do Piloto

Há uma nova cara na Master Class da Red Bull Air Race 2018, o britânico Ben Murphy, um antigo piloto condecorado da Royal Air Force e líder de equipa da famosa esquadrilha acrobática da RAF "Red Arrows." Durante as duas épocas que passou na Challenger Class, chegou por cinco vezes ao pódio e conseguiu duas pole positions em localizações tão distantes quanto o Japão e Ascot, na sua terra natal, o Reino Unido. Agora o piloto está a constituir uma equipa para correr e tentar aumentar o domínio britânico neste desporto – não fosse este país o detentor de mais títulos mundiais.

Nascido e criado no centro da Grã-Bretanha, Murphy é o herdeiro de uma longa tradição familiar na aviação. Influenciado pelos dois avós, que foram pilotos na Royal Air Force, interessou-se pela aviação muito cedo, juntando-se aos Cadetes do Ar ainda adolescente e mais tarde ao Esquadrão Aéreo da Universidade de Newcastle. Alistou-se na RAF em 1997 e concluiu o seu treino militar em 2000, vencendo prémios em testes de voo acrobático e de formação. Daqui partiu para uma experiência que passou por vários países, onde completou mais de mil horas de voo no cockpit de um Harrier GR7 (muitas vezes a partir de um porta-aviões). Mais tarde foi também instrutor.

Em 2006 juntou-se à esquadrilha acrobática "The Red Arrows", onde foi inicialmente membro da equipa. Depois liderou o Par Sincronizado e foi promovido a Comandante e Líder da Equipa, sendo o segundo piloto mais novo de sempre a desempenhar este papel, orientando uma equipa com mais de 100 elementos e liderando uma equipa de nove jatos vermelhos que atuam um pouco por todo o mundo.

Atualmente, Murphy é o líder da esquadrilha acrobática "Blades"– a única equipa civil deste tipo que tem ainda a particularidade de funcionar como companhia aérea, proporcionando aos passageiros alucinantes voos de formação. No seu currículo incluem-se mais de 450 presenças em eventos internacionais, o que representa uma experiência de mais de 1,875 horas neste estilo muito particular de voo. Entre as várias disciplinas da aviação, soma já mais de 4,250 horas no cockpit. Quando não está a voar, tem três desportos de eleição para o manter em forma – corrida, triatlo e kitesurf.

"É uma grande honra passar para a Master Class e nesse sentido o ano de 2018 vai ser importante em muitos domínios," afirmou Murphy. "Com uma nova equipa e com um novo avião, vai ser importante estabelecer bases fortes para o futuro. Vamos precisar de evoluir rápido, tanto em terra como no ar. Eu tenho uma grande equipa para me apoiar, com muito entusiasmo e determinação para vencer. Com as pessoas certas, qualquer coisa é possível!"