Nicolas Ivanoff

Informações sobre o piloto

Biografia do piloto

Race team

Um apaixonado concorrente na Red Bull Air Race desde 2004, Nicolas Ivanoff conta com cinco vitórias em provas. O seu triunfo na prova de abertura de 2016, em Abu Dhabi, marcou o ritmo para uma temporada emocionante. Ivanoff teve por vezes um comportamento enigmático, voando com suprema confiança em algumas corridas e ficando fora de jogo noutras, mas é há muito admirado pelos fãs da Red Bull Air Race em todo o mundo pelo seu estilo elegante no céu e pela capacidade excecional para lidar com pistas técnicas. Os concorrentes procuram mantê-lo sempre debaixo de olho.

Ivanoff faz uma abordagem artística à pilotagem do avião, comparando-a a uma "pintura no céu" e a sua sensibilidade pessoal é igualmente refinada. Francês por excelência, Ivanoff é invariavelmente o piloto mais bem vestido dentro e fora do cockpit e seus gostos sofisticados são equilibrados por uma genuína alegria de viver, que faz com que o seu hangar seja sempre um dos mais animados.

Natural da Córsega e com genes russos e gregos, Ivanoff foi durante muito tempo instrutor na famosa escola de voo "Corse Voltige". Tornou-se piloto acrobático no início da década de 1990 e, enquanto membro da equipa acrobática nacional, entre 1997 e 2005, integrou a equipa francesa que venceu o Campeonato Mundial de Acrobacia de 2000, em Toulouse. Conquistou também o segundo lugar no campeonato nacional francês de acrobacia da categoria Ilimitada em 2004.

Fascinado pela tecnologia e minuciosamente atento ao detalhe, Ivanoff possui uma mistura invejável de estilo e substância. Ele e o resto do Team Hamilton-Ivanoff – que inclui o coordenador e manager da equipa Jean-Paul Kieffer, o técnico Tom Fitzgerald, o responsável tático Sébastien Demont e o assistente/especialista social Cédric Templier - procuram constantemente a inovação e a excelência.

Embora Ivanoff não tenha conseguido replicar o seu triunfo de abertura ao longo da temporada de 2016, terminou entre os cinco primeiros. "Conseguimos terminar em quinto lugar nos pontos, apesar da desvantagem de falhar uma corrida", observa o piloto. "Estamos empenhados em preparar a nossa tecnologia e a nossa equipa para, em 2017, podermos aproximar-nos o mais possível do pódio geral, ganhando pódios de corrida ao longo do campeonato".